Danças Circulares são basicamente danças de roda, recolhidas de diferentes partes do mundo em diferentes períodos. Existem danças muito antigas que vão passando de geração para geração e outras coreografadas recentemente. O que caracteriza essas danças é o espírito comunitário que elas promovem. Podem ser danças para celebração ou saudação.

As Danças Circulares se fundem às danças étnicas e podem até ser consideradas sinônimas. Participar de danças de diferentes "etnias" é um modo de conhecer e reviver o sentimento do povo ao qual pertence a dança. É uma forma de afirmar a identidade de um povo, difundindo sua cultura de uma forma pacífica e solidária. "Quando se dança a dança de todos os povos, cria-se uma nova identidade cultural universal, onde se vivencia a idéia da Unidade do mundo, e se trabalha de forma incessante pela Paz." (Rodrigues, G.H.C.B. Mudança in Danças Circulares Sagradas, Triom SP, 1998)

A dança em grupo, com sua seqüência cadenciada e rítmica, proporciona maior ordem, harmonia e alegria individual e coletiva.